“O que me preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem-caráter, nem dos sem-ética. O que mais me preocupa é o silêncio dos bons”. (Martin Luther King)

quarta-feira, 9 de abril de 2014

ASSEMBLÉIA ESTADUAL - Convocação 130/2014

Blumenau, 09 de abril de 2014. 

CONVOCAÇÃO Nº 130/2014 

SINTE – Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Estadual de Ensino do Estado de Santa Catarina – Regional de Blumenau convoca TODOS/AS OS/AS TRABALHADORES/AS EM EDUCAÇÃO, para participarem da ASSEMBLÉIA ESTADUAL de acordo com a seguinte programação:

DATA: 15/04/2014 (terça-feira).
HORA: 14 horas.
LOCAL: Florianópolis - Praça Tancredo Neves (em frente à ALESC).

1 – Informes;
2 – Conjuntura;
3 – Encaminhamentos;
4 – Outros.

Os profissionais que optarem por irem de ônibus do SINTE/Blumenau, é preciso que envie para nosso email contato@sinteblumenau.com.br, ou pelo fone (47) 3322-3095, até o dia 14/04/2014 (segunda-feira), preferivelmente até as 15 horas os seguintes dados: 1) Nome Completo; 2) CPF ou RG; 3) Nome da Escola, se possível seu número de telefone celular para contato, caso haja necessidade. Segue o local e horário de paradas do ônibus:

                        1 - Timbó, 8 horas – Danceteria Tapioca;
                        2 - Indaial, 8:30 horas – Frente a Câmara dos Vereadores;
                        3 - Blumenau, 9:15 horas – Rua ao lado da EEB Pedro II;
                        4 – Gaspar, 9:45 horas  - Djeison Automóveis (Antiga Feira).


Organize sua Escola e participe – Vamos dar um BASTA COLOMBO – para valer!

É FUNDAMENTAL A PRESENÇA DE TODOS.


PARTICIPE!

sexta-feira, 4 de abril de 2014

ATO MACRORREGIONAL 02/04/2014

    Cerca de 300 trabalhadores em educação compareceram no Ato Público em Blumenau. A concentração iniciou às 14 horas, na escadaria da Catedral São Paulo Apóstolo, centro de Blumenau. Estiveram presentes trabalhadores das regionais de Blumenau, Brusque, Ibirama, Rio do Sul, Ituporanga, Mafra, Canoinhas, Curitibanos, Joinville, Jaraguá do Sul, e Itajaí.

    O Coordenador do SINTE/SC Luiz Carlos Vieira, e a professora Silvia Betina Wamser Lindner, Coordenadora regional do SINTE de Blumenau fizeram a abertura do ATO MACRORREGIONAL. Cada coordenador/a presente, apresentou a comunidade Blumenauense a situação em que se encontram as escolas de suas reginais. 

    Ressaltaram as ameaças do Governo Colombo, através de faltas injustificadas e perda dos direitos estatutários, inclusive a progressão funcional. Porém, os que estavam ali, não se amedrontaram em vieram para reivindicar e exigir melhores condições de trabalho.

    No momento cultural, a presença do "quase Colombo", sátira apresentada pelo ator regional, Roberto Morauer, que expressou corretamente o pensamento do nosso patrão com os trabalhadores em educação. Durante a caminhada até a prefeitura municipal pelo rua XV de novembro, os trabalhadores em educação panfletearam expondo a situação da Educação no Estado de Santa Catarina.

Audiência SINTE/SC e Secretário de Educação 03/04


A Executiva Estadual do SINTE/SC esteve na tarde de hoje, 03/04, reunida com o Secretário da Educação Eduardo Deschamps, para tratar dos quatro pontos de pauta da categoria aprovados na última Assembleia Estadual: Reajuste do Piso na Carreira em parcela única e retroativo a janeiro, descompactação da tabela salarial, revogação do Decreto das Progressões e revisão da Lei dos ACTs.

Segundo documento entregue pelo Secretário, existe um comprometimento de 93,53% dos recursos do FUNDEB para a folha de pagamento do magistério, excluídos os inativos, para o ano de 2014. Deschamps afirmou que diante deste quadro, o Governo não pode efetuar o reajuste em parcela única, sob pena de comprometer o orçamento do Estado.

Ele disse também que dentro desta realidade, a verba para investimentos em infraestrutura e manutenção das escolas passaram de R$ 400 milhões para R$ 130 milhões, já que os recursos do FUNDEB reduziram em função da diminuição do número de alunos matriculados na rede estadual, que migraram para o município pela política de municipalização implementada pelo Estado. Numa tentativa de justificar o seu não compromisso em pagar o reajuste em parcela única, dando continuidade à política de desvalorização dos profissionais da educação.

sexta-feira, 28 de março de 2014

SINTE/SC SE REÚNE COM CONSELHEIRO DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO


Representantes da Executiva Estadual do SINTE/SC estiveram ontem, 26/03, reunidos em audiência com o Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Herneus de Nadal, ele que este ano, será o relator do processo de prestação de contas do Governo do Estado.

O pedido da audiência teve o objetivo de abrir o diálogo com o TCE, visando esclarecer as dúvidas do sindicato em relação aos gastos com a educação, visto que, desde 1996 as contas do Estado são aprovadas, porém, com ressalvas e recomendações. A inclusão do pagamento dos inativos nos recursos da educação é o fato mais polêmico, e já foi denunciado pelo SINTE ao Ministério Público.

Acompanhe a entrevista com o Professor Luiz Carlos Vieira – Coordenador Estadual do SINTE/SC, ele conta como foi a audiência com o Conselheiro: 




quarta-feira, 26 de março de 2014

GOVERNO FAZ MANOBRA NA FOLHA E ANTECIPA DESCONTO DAS FALTAS DO MAGISTÉRIO



Mais um golpe foi dado pelo Governo do Estado nos trabalhadores/as da educação. Por conta da paralisação da Greve Nacional e da Assembleia Estadual do SINTE, a Secretaria da Educação refinou sua estratégia de punição a categoria antecipando os descontos daqueles que aderiram ao movimento já na folha deste mês.

A revolta e indignação dos trabalhadores/as são grandes, pois quando documentos para contratação de professores/as são enviados após o dia 15, por exemplo, estes ficam sem salário durante um mês, sob a alegação de que não foi possível inserir os dados no sistema a tempo. Observamos assim uma clara posição de má vontade com este trabalhador/a, já que após sabermos deste lamentável fato de antecipação de desconto, podemos ter a certeza de que tudo pode acontecer neste Governo.

Muitos trabalhadores acharam que houve erro em sua folha, mas o que houve foi a mão dura deste Governo punindo aqueles que participaram da paralisação, mostrando seu poder de intimidação e aplicando o conceito de dois pesos e duas medidas, pois tornou viável através de ordem superior atrasar o fechamento e rodagem da folha para efetuar o desconto imediatamente.

De forma autoritária o Governo afirma que os dias de paralisação foram considerados dias letivos, e que não vai permitir a reposição, esquecendo, portanto, de que é direito de todo trabalhador/a lutar por seus direitos e reivindicar melhores salários e condições de trabalho e também direito dos alunos terem seus 200 dias de aula.

terça-feira, 25 de março de 2014

CONVOCAÇÃO Nº 129/2014 - ATO MACRORREGIONAL

AOS PROFESSORES E/OU SERVIDORES DA EDUCAÇÃO

SINTE – Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Estadual de Ensino do Estado de Santa Catarina convoca TODOS/AS PROFESSORES E/OU SERVIDORES DA EDUCAÇÃO, para participarem do ATO MACRORREGIONAL no dia 02 de abril de 2014, com a seguinte programação:

1)      CONCENTRAÇÃO E PANFLETAGEM DO ATO MACRORREGIONAL:

Local: Escadaria da Catedral São Paulo Apóstolo
Esquina com a Rua Padre Jacob e XV de novembro
Horário: 14 horas

2)      PASSAETA DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO
Prevista saída às 15:30 h pela rua XV de novembro em direção a Praça Vitor Konder (Prefeitura Municipal de Blumenau)

3)      PAUTA DO ATO, PANFLETAGEM E PASSEATA
a)      Campanha Salarial: Piso na Carreira, Descompactação da tabela, revogação da lei da progressão, reformulação da Lei dos ACT´s;
b)      Panfletagem a Comunidade Catarinense sobre situação das Escolas Públicas do Estado de Santa Catarina;

Participarão do ATO PÚBLICO, as Regionais do SINTE/SC de Ibirama, Rio do Sul, Ituporanga, Brusque, Itajaí, Curitibanos, Joinville, Canoinhas, Mafra e Jaraguá do Sul.

Organize sua Escola e participe – Vamos dar um BASTA COLOMBO – para valer!

O voto da Educação vale muito.

É FUNDAMENTAL A PRESENÇA DE TODOS.
CONTAMOS COM VOCÊ!

PARTICIPE!

segunda-feira, 24 de março de 2014

Página do SINTE no FACEBOOK


O perfil do SINTE/BNU no Facebook anteriormente utilizado foi desativado !


Você pode acompanhar agora pela pagina oficial:

DELIBERAÇÕES DA ASSEMBLEIA ESTADUAL DO MAGISTÉRIO



Propostas aprovadas:
1 – Contra o percentual de reajuste e a MP do governo do Estado: Tendo em vista que o reajuste do piso nacional do magistério tem como data de vigência o mês de janeiro, e que a MP propõe o parcelamento rejeitado pelo conjunto da categoria, somos contrário a essa medida provisória e cobramos do governo a aplicação do reajuste integral de imediato, com pagamento retroativo a janeiro de 2014.
2 – Participação do Seminário de Mulheres CUTistas, com pelo menos 2 representantes por regional no dia (24/03): O Seminário de mulheres pretende reunir trabalhadoras de todas as categorias para debater a participação das mulheres na luta da classe trabalhadora, bem como as questões específicas de combate ao preconceito de gênero na sociedade e no próprio movimento sindical.
3 – Inclusão da revisão da Lei dos ACT’s na pauta da greve: Trouxemos esse ponto para o foco central pois a atual lei, aprovada em 2009, é extremamente perversa aos professores temporários, fazendo distinções entre trabalhadores que não recebem de acordo com sua formação, não tem direito a plano de saúde, passa por cima da CLT prevendo abandono de trabalho a partir do terceiro dia de falta, não permite o afastamento para cuidados de saúde do filho, entre outros pontos que devem ser revistos.

sexta-feira, 14 de março de 2014

Reajuste salarial de 4,5 % será pago em Setembro


O texto publicado no site da SED afirma que o governador Raimundo Colombo determinou, nesta segunda-feira, 10, mudanças nos prazos de pagamento do reajuste salarial do magistério em 2014. Em reunião com os secretários da Educação, Eduardo Deschamps; da Fazenda, Antônio Gavazzoni; da Administração, Derly Anunciação; e da Casa Civil, Nelson Serpa, na Casa D’Agronômica, *Colombo ordenou que a última parcela de 4,5% do reajuste total de 8,5% para os professores do Estado seja antecipada de dezembro para o mês de setembro. Pelo acerto, os 2% relativos a janeiro serão pagos, de forma retroativa, na folha de março e os outros 2%, em julho.

Em resposta a campanha deflagrada pelo SINTE, o governo tenta amenizar a situação pagando a primeira parcela retroativa a janeiro e antecipando as demais parcelas do reajuste como aconteceu em 2013.

Para nós não basta queremos os 8,5% em apenas uma parcela, com pagamento retroativo a janeiro, uma proposta real e decente de descompactação da tabela e o fim do decreto das progressões. A categoria não aceita mais a velha fórmula de jogar panos quentes sobre um problema que se arrasta desde o início da gestão do governador Raimundo Colombo, por isso, para este momento, resolvemos cobrar do governo aquilo que é prioridade para nós, numa pauta enxuta de três pontos.

Pagamento integral do reajuste já
Descompactação da tabela salarial
Fim do decreto das progressões

Nos próximos dias, o governador encaminhará a Medida Provisória para a Assembleia Legislativa com os percentuais e datas de pagamento. *O governo do Estado cumpre, desde 2012, a lei do piso salarial do magistério definida pelo Ministério da Educação e vai além. Desde 2011, o piso dos professores do Estado aumentou 172% contra um reajuste de 70% do piso divulgado pelo MEC.